Mais de 50% dos dispositivos Android tem sérios problemas de vulnerabilidades porque as operadoras são muito lentas para atualizar o software.

Android

Desde que lançamos o X-Ray (uma aplicação Android para verificação de vulnerabilidades), já coletamos mais de 20.000 resultados de dispositivos Android em todo o mundo. Com base nos resultados iniciais, estimamos que mais da metade dos dispositivos Android tem vulnerabilidades não corrigidas que poderiam ser exploradas por um aplicativo malicioso.

Jon Oberheide, diretor de tecnologia da Duo Security, disse ainda que vai apresentar todos os detalhes de sua pesquisa nesta sexta na United Summit Conference em São Francisco (EUA). Ele adiantou que as vulnerabilidades detectadas pelo X-Ray são sérias. “Se o usuário tiver instalado um aplicativo malicioso ou se um intruso tiver acesso a código executável através de um exploit do navegador, então essas vulnerabilidades podem ser exploradas para se obter acesso total ao dispositivo”, disse.

Oberheide declarou ainda que as operadoras não tem muito interesse (ou motivação) em manter os dispositivos atualizados. Disse ainda que as operadoras tem muito mais motivação para se concentrarem nos novos dispositivos, em que os usuários vão “gastar mais dinheiro“, do que em dispositivos antigos.

Não há dúvida que as declarações de Oberheide são fortes e com certeza serão rebatidas pelas operadoras e fabricantes. Estaremos todos de olho nos detalhes da pesquisa que ele promete divulgar na conferência.

Com informações de CNET News